Estão abertas até 14 de maio as inscrições para a décima edição do RightsCon, principal encontro mundial sobre direitos humanos na era digital. Serão cinco dias inteiros de debates, de 7 a 11 de junho de 2021, com transmissões ao vivo e conteúdo pré-gravado disponível pela rede. Espera-se mais de 10 mil participantes de mais de 150 países. 

pastedGraphic.png

O RightsCon é destinado a jornalistas interessados em direitos humanos, mais especificamente na era digital. E em questões que envolvem jornalismo e o tema, como liberdade de imprensa, proteção de dados, censura e controle de conteúdo, segurança digital,  inteligência artificial, automação e algoritmos.

Originalmente chamado de RightsCon Silicon Valley, o encontro era inicialmente realizado alternando San Francisco, onde aconteceu pela primeira vez em 2011, com outra cidade de importância global. Uma delas foi o Rio de Janeiro, em  2012.

Desde 2016 deixou de voltar a San Francisco e passou a visitar novas cidades-sede a cada ano, até virar online devido à pandemia. A primeira edição virtual reuniu 400 participantes e a última quase 8 mil. 

Temas em debate 

Este ano serão realizadas mais de 400 sessões sobre temas relaciuados a direitos humanos na era digital, divididas em 20 grandes blocos: 

pastedGraphic_1.png

O programa de 2021

Segundo os organizadores, o programa está sendo fechado e será detalhado em breve. Toda a programação será oferecida numa plataforma exclusiva,  disponível aos participantes inscritos a partir de 1º de junho, uma semana antes da conferência.

Nesse período prévio, os participantes poderão se familiarizar com os recursos da plataforma, criar um perfil público e construir sua própria agenda pessoal para as sessões que desejarem acompanhar. As transmissões serão feitas em vários serviços, como Vimeo e Zoom.

Inscrições abertas 

Os jornalistas podem se inscrever gratuitamente até 14 de maio. Para se registrar, é necessário criar uma conta neste link e em seguida preencher o formulário de inscrição, identificando-se como imprensa.

 

Veja também: 

Knight Center oferece curso gratuito online para jornalistas sobre as vacinas contra a Covid-19

Direitos autorais reservados. Reprodução no todo ou em parte autorizada desde que citados a fonte e o autor, com link para o artigo original.